Com expansão cada vez mais forte dos canais digitais e do intenso crescimento das redes sociais, o futuro da mídia convencional diante de tantos desafios está no centro do debate sobre as transformações no campo da comunicação .

Segundo Cristina Tardáguila, fundadora e sócia da Agência Lupa, primeira plataforma de fact-checking do Brasil, os profissionais de imprensa se reinventam ano após ano e enfrentam novos desafios na carreira. “Não basta ser jornalista, tem quer ser empreendedor e fazer essa transição é muito difícil, pois não se aprende isso na faculdade”, explicou. Para ela, quem souber trabalhar com fact-checking sairá na frente no mercado de trabalho de forma geral, seja em redação ou empresas, pois a luta contra a desinformação está em todos os campos de atuação.

Para discutir com profundidade esse assunto, a Insight Comunicação, em parceria com o BRICs Policy Center, promove na quarta-feira (06/10), às 19h, mais uma edição do Foro Inteligência, com o tema O futuro da mídia convencional no Brasil, com a presença de Cristina Tardáguila e Pedro Doria, jornalista e cofundador do Canal do Meio, além de colunista de O Globo e da rádio CBN.